Serviços de Dedetização em hotéis requer monitoramento regular 

Dedetização em hotéis requer monitoramento regular

Processo é importante para garantir a higiene e o conforto dos hóspedes e evitar transtornos e prejuízos ao estabelecimento

Não há, no Brasil, até o presente momento, uma lei federal que regulamente a dedetização

de hotéis e condomínios. Existem, contudo, algumas legislações regionais (municipais e estaduais) que abordam a questão, garantindo uma uniformidade nas regras que devem ser seguidas país afora.

No estado do Rio de Janeiro, por exemplo, a lei nº 7806/2017 estabeleceu as diretrizes para o funcionamento das empresas especializadas na prestação de serviço de controle de vetores e pragas urbanas, “visando ao cumprimento das boas práticas operacionais, a fim de garantir a qualidade e segurança do serviço prestado e minimizar o impacto ao meio ambiente, à saúde do consumidor e do aplicador de produtos saneantes desinfestantes”. 

A legislação estabelecida no território fluminense vai ao encontro à RDC nº 52, de 2009, da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que “dispõe sobre o funcionamento de empresas especializadas na prestação de serviço de controle de vetores e pragas urbanas e dá outras providências”. O documento estabelece as principais diretrizes para “garantir a qualidade e segurança do serviço prestado e minimizar o impacto ao meio ambiente, à saúde do consumidor e do aplicador de produtos saneantes desinfestantes.”

Em hotéis, tais diretrizes norteiam a ação dos profissionais que aplicam os produtos químicos apropriados para a dedetização. Este processo pode incluir a pulverização de inseticidas, aplicação de iscas e armadilhas, além de técnicas adicionais para o controle de roedores, se necessário. 

“Medidas preventivas devem ser adotadas para evitar futuras infestações. Isso pode incluir a vedação de rachaduras, a instalação de telas de proteção em janelas e portas, a manutenção adequada de tubulações e sistemas de esgoto, entre outras ações”, comenta Gleison Pinheiro, diretor da Delta Dedetização, especialista em desentupimento e dedetização.

A experiência positiva de um hóspede é o maior objetivo das redes hoteleiras. Para avaliar esse quesito, são considerados diversos fatores como a localização, o conforto, a segurança, o lazer e, não menos importante, a higiene, seja de aposentos, quanto das áreas comuns.

Por esse motivo, é comum muitos hotéis realizarem uma dedetização periódica, um processo minucioso em todas as áreas do empreendimento para identificar possíveis infestações de pragas que possam causar transtornos e prejuízos financeiros. 

Após o procedimento, é importante que seja realizado um acompanhamento e monitoramento frequente para verificar a eficácia do tratamento e identificar qualquer sinal de recorrência das pragas. Isso pode incluir visitas de inspeção regulares ou a instalação de dispositivos de monitoramento específicos.

“Tudo começa com uma inspeção inicial. Um profissional especializado realiza uma inspeção minuciosa em todas as áreas do hotel para identificar possíveis infestações de pragas, como insetos, roedores e outros animais indesejados”, explica o diretor. 

O passo seguinte é a elaboração do plano de ação. Com base no que foi aferido, leva-se em consideração a dimensão do hotel, as áreas afetadas e os tipos de pragas encontradas. Este plano inclui escolha dos produtos químicos adequados e as técnicas de aplicação apropriadas para cada caso.

Tudo isso precisa ser bem comunicado com quem irá frequentar o local, como explica Pinheiro: “É importante informar aos hóspedes sobre a realização da dedetização, destacando os benefícios para sua segurança e bem-estar. São fornecidas orientações sobre precauções a serem tomadas, como fechar recipientes de alimentos e, retirar animais de estimação das áreas tratadas, por exemplo”.

Como contratar a Delta Serviços de Dedetização em Hoteis?

Por fim, a contratação da Delta está disponível de várias formas e você tem liberdade para escolher a melhor.

Nesse sentido, chegou a hora de saber do que se trata e entender as formas de efetuar a contratação:

  • Site – A contratação pelo site é simples e para isso preencha os campos, explique os detalhes e agende.
  • WhatsApp– Entre, explique o problema, marque o resultado, tenha o reparo feito e ainda conte com a garantia de X tempo.
  • Telefone– ligue para o (11) 3641-7000 ou/e (11)96220-1234 e agende o atendimento.

controle de pombos (manejo de pombos) é o serviço especializado para afastar as aves de um determinado local, respeitando a legislação vigente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ligue agora!

Últimos artigos

Vamos conversar pelo Whatsapp?

%d blogueiros gostam disto: